<

Piracicaba não chega a ter 300 mil habitantes, mas tem 3 cervejarias : Leuven, Dama e Cevada Pura , o destaque deste post.

A TERRA É DO RIO PIRACICABA, MAS PODERIA SER DA CERVEJA

A foto aí encima mostra um soldado confederado. É a arte do rótulo da American IPA da Cevada Pura. E vem bem a calhar porque essa região do interior de São Paulo foi a escolhida como nova “casa” pelas famílias sobreviventes da Guerra da Secessão, isso lá pelo idos de 1870. E é com esse pioneirismo que a Cevada Pura , criada em 2001, vem se firmando como uma cervejaria que investe na diversificação de estilos.

Conheço a cerva (na época somente on tap) desde o início da marca, quando um singelo camelo era o símbolo da dita cuja. Com a segmentação  das garrafas e a expansão para outros mercados (abrangendo outras regiões do interior de SP, capital e até Maceió- AL) , houve a necessidade de dar uma atenção especial à “arte” de sua marca e rótulos.

cevada-pura3

Me amarrei neste  soldadinho aí. Ainda mais porque sou de Santa Bárbara D’Oeste (há 20 km de Pira) , terra que recebeu as famílias de imigrantes do Sul dos Estados Unidos. Foram as lavouras de SBO que sentiram pela primeira vez o corte dos arados no país. Claro, trazidos pelos sulistas derrotados por Abrahn Lincoln e seus asseclas nortistas. Esta American IPA é uma das melhores cervejas da marca : respeita o estilo sem ousadias.

DSCN6454

A Café e Cacau  é outra boa surpresa prá quem quer algo mais “pesado”. As sementes do cacau vêm de uma fazenda do Sul da Bahia e marcam esta Brown  Ale que é uma cerveja colaborativa. O cervejeiro Wayne Wambles, da Cigar City (Flórida), baixou em Pira e numa troca bacana de experiência deu pitacos sobre a produção ajudou a formatar a característica desta bela cerva. Rasga no café e deixa aquela sensação gostosa no palato de “quero mais”.

DSCN6468

 

O cervejeiro da casa não é irlandês , apesar da cara !!! O Daniel Ramiro sempre foi “paneleiro”. Há alguns anos o professor deixou as aulas de História e Sociologia para se profissionalizar. Fez o curso de Sommelier no Senac, de Águas de São Pedro, que tem a chancela da Doemmens. Depois fez o curso de cervejeiro, do Senai, de Vassouras-MG. Hoje toca o barco da Cevada Pura e aposta em diversificar os estilos.

DSCN6484

Esta, aí debaixo, é um exemplo. Foi lançada ano passo em pequena escala e tive a sorte de visitar a cervaria quando ela estava quase pronta prá ser envasada. A Kolsch é refrescante, leve e com aroma e sabor característicos do estilo. Bebida fresquinha foi um dos prazeres desta viagem.

 

DSCN6487

 

DSCN6451

 

A visita aliás é aberta, desde que marcada com antecedência. A fábrica tem duas unidades e capacidade para produzir 2.500 litros. Tem uma lojinha bem bacana  onde está exposto todo o portfólio da marca, além de taças e camisetas como esta aí que enaltece patrimônios culturais de Pira, entre elas a Pamonha . Pena que só tinha GG, rsrsrs…

DSCN6457

O Alexandre Moraes é um dos proprietários. Está animado com a nova fase da cervejaria e o “boom” do negócio nos últimos anos. Aposta na qualidade e ações pontuais de marketing para garantir o crescimento das vendas, tanto da cerveja embarilhada, como das garrafas : as entregas já são feita em pontos de venda em Recife e também aqui em Salvador. A Vitrine da Cerveja, do Claitão ,geralmente tem as brejas.

DSCN6502

A cerveja, como o Corinthians, é sempre um bom motivo prá fazer novos amigos. Salve Daniel !!!

DSCN6500

http://www.cevadapura.com.br/

ABRAÇO

PANÇA CHEIA

SAUDAÇÕES

 

 

 

por Dalton Soares
Salvador, 25 de novembro de 2015

Compartilhe [ssba]